Skatícia especial: Nyjah Huston é o campeão do Super Crown World Championship 2014

O Super Crown World Championship, realizado na noite desse domingo em Newark, EUA, foi a final mais disputada de todas competições da Street League. Na última rodada, quatro skatistas tinham chances de ganhar. Matt Berger, Torey Pudwill, Nyjah Huston e Ishod Wair estavam no páreo.
Matt Berger mostrou que chegou na Street League para ficar. Desde que a Liga foi criada, todos os anos há renovações de skatistas. A maioria entra, não se destaca e sai. Mas com o canadense parece que será diferente. Desde que ganhou a vaga no Pro Open, Matt mostra que além de desempenhar bem no formato da competição, tem chances reais de ganhar. Nesse domingo, ele fez algumas das melhores manobras do evento e quase acertou um frontside tailslide saindo de 270 transfer, que lhe daria nota próxima do 10.
Ishod Wair liderou a maior parte do tempo na fase final. À vontade como sempre e competindo em casa, Ishod ainda tinha o diferencial da torcida do Estado de Nova Jérsei a seu favor. A estratégia usada foi boa, mas errou nas últimas duas tentativas, que aumentariam sua pontuação e colocaria mais pressão em Nyjah.
Quem bateu na trave mais uma vez foi Torey Pudwill. Depois de acertar seus potentes combos técnicos, só dependia da última manobra de Nyjah, 5.2 atrás. Uma manobra 5.3 para Nyjah é simples, mas ele tinha uma gigante pressão nas costas pelo título e a torcida da arquibancada o vaiando. Seria mais feio ainda Nyjah Huston apelar e fazer uma manobra apenas para ganhar, então ele partiu para um caballerial flip. Ele chegou a arremeter numa primeira tentativa, mas na seqüência acertou com perfeição, para decepção de Pudwill e da arquibancada de Newark.
O fator tudo ou nada prejudicou Luan de Oliveira. Após ficar em primeiro na fase Flow, ele foi eliminado na fase seguinte, a Impacto. Os skatistas tinham quatro tentativas para somar uma nota para adicionar ao Flow, mas Luan foi o único que não acertou nada. Ele insistiu num fakie flip descendo o gap. Apesar de breve participação no Super Crown, Luan saiu bastante aplaudido da arena. Dignidade é a melhor definição para esse gaúcho, que chegou no evento na segunda colocação no ranking e não merrecou para tentar avançar.
Apenas os oito melhores do ano participaram do Super Crown World Championship. Com a parceria da Street League com a Federação Internacional do Skate anunciada há algumas semanas atrás, existe a expectativa que surjam competições em todos continentes para classificar mais skatistas para a Liga.
Assista a reprise na íntegra no www.streetleague.com, assim como todas as manobras acertadas na temporada.

FRETE_GRATIS_500X200

Skatícias #103

skaticias-103

Ryan Sheckler venceu pela terceira vez consecutiva a competição de Streetstyle do Dew Tour no último domingo. O evento nesse ano aconteceu em Portland, depois de dois anos acontecendo em São Francisco. Kelvin Hoefler ganhou o prêmio de melhor manobra na sessão de Best Trick, realizada no sábado, com vitória no geral de Alec Majerus. O nollie frontside bluntslide to fakie de Kelvin no corrimão foi considerada a manobra mais difícil.
Sheckler foi o skatista com melhor aproveitamento no Streetstyle, que é uma modalidade realizada numa ladeira cheia de obstáculos. Assista pra entender a insanidade.

A Kronik Skateboards apresentou oficialmente o cearense Lucas Rabelo na marca com um vídeo de boas-vindas.

Outro skatista amador nordestino que vem chamando atenção é o soteropolitano Felipe Oliveira. Nessa semana ele lançou o “Look Dat Shit 1/2”, a primeira parte da série que fechará ainda nesse ano.

Agnelo Queiroz por Fernando Torelly

Agnelo Queiroz por Fernando Torelly

Há algumas semanas atrás a administração de Taguatinga, DF, demoliu uma pista com a justificativa que o local era um ponto de venda de drogas. Os skatistas e a população local se revoltaram, se mobilizaram e foram recebidos pelo Governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz. Ele prometeu construir a maior pista de skate da América Latinano Parque da Cidade. A pista terá 13 mil m² e as obras estão previstas para começar em setembro. “Eu assinei um decreto agora garantindo que toda pista de skate terá os padrões técnicos adequados e será acompanhado por uma comissão que realizará toda a elaboração da pista de skate. A pista vai se chamar Brasília Skate Plaza e é um projeto para atrair eventos nacionais e internacionais para Brasília. Será uma pista com parâmetros profissionais e essa mesma comissão já vai atuar na pista da praça do DI, porque também é uma pista importante que será instalada com toda iluminação, infra estrutura e cercamento – coisa que não tinha anteriormente”, afirmou o Governador após a reunião.

Na manhã da última sexta-feira, Paul Rodriguez apertou o botão para iniciar a sessão na Nasdaq, bolsa de valores de Nova Iorque.

A grande final da temporada 2014 da Street League, a Super Crown World Championship, acontece nesse domingo em Newark. Luan de Oliveira, Paul Rodriguez, Ishod Wair, Shane O`Neill, Chaz Ortiz, Nyjah Huston, Torey Pudwill e Matt Berger disputam o título e prêmio de 200 mil dólares. A transmissão começa às 22h (horário de Brasília) pelo www.streetleague.com.

Pista do Super Crown World Championship (Reprodução)

Pista do Super Crown World Championship (Reprodução)

Vídeo da semana: Na edição de agosto da Thrasher Magazine Torey Pudwill disse que está se empenhando para ganhar o prêmio da Skatista do Ano. Sua parte no vídeo da Plan B, programado para ser lançado em novembro, é uma das mais aguardadas. Mas nessa semana ele lançou uma parte chamada Supernova, para promover seu novo modelo de tênis pela DVS. A cotação de Torey para SOTY aumentou, e a expectativa para sua parte no True também.

FRETE_GRATIS_500X200

Jay Adams, Descanse em Paz

Esse texto foi originalmente postado no www.espn.com.br/skate

Quando Deus decidiu criar o skate, ele criou Jay Adams - Stacy Peralta (foto: Glen E. Friedman)

Quando Deus decidiu criar o skate, ele criou Jay Adams – Stacy Peralta (foto: Glen E. Friedman)

Jay Adams, o mais radical dos Z Boys

Jay Adams era o principal skatista dos Z Boys. Todos os integrantes do grupo de crianças e adolescentes que revolucionou a cultura jovem na década de 70 eram fortemente influenciados pelo caçula, que se sobressaia com seu estilo agressivo em cima do skate e atitudes radicais fora dele. Sua rebeldia chocava porque o mundo era careta. Antes deles não existiam referências.

Mas quando o skate explodiu nos EUA, se transformou num esporte popular e os skatistas começaram a ganhar dinheiro, Jay Boy simplesmente abandonou o time. Teve atitude de abrir mão de fama e dinheiro para continuar andando de skate e surfando apenas por diversão.

“Ele não ligava. Foi por isso que não se deu bem. Ele nunca ligou para as recompensas materiais que o skate oferecia. Jay tinha uma atitude do tipo foda-se com o lado comercial do skate,” explica Tony Alva, o rockstar dos Z Boys, no documentário “Dogtown and Z Boyz”, de 2001.

Outro depoimento do filme que chama atenção é de Wentzle Ruml, quando disse que Jay ficou assustado com o lado comercial e cheio de responsabilidade de um skatista profissional. “Era preciso ser responsável, aparecer no horário combinado, fazer apresentações, viajar.” Regras que não combinavam com o estilo de vida que ele ajudou a criar.

“Era muito divertido antes de ficar sério demais. A época das competições amadoras era ótima. Quando o skate se profissionalizou, ficou muito sério. Parecia que o pessoal não estava se divertindo tanto. Era um emprego. Havia muita tensão”, disse Adams durante Dogtown.

A notícia da morte do caçula dos Z Boys Jay J. Adams pegou todos familiares, amigos e fãs de surpresa. Ele sofreu um infarto fulminante na madrugada do dia 15. O primeiro a se manifestar pelas redes sociais foi Peralta. No Instagram ele escreveu, “Acabei de receber a terrível triste notícia que Jay Adams se foi na última noite devido a um ataque cardíaco fulminante, envie seu amor.”

Aos poucos, mais homenagens foram acontecendo, assim como mais informações foram se confirmando. Jay morreu nos braços do amigo Alan Sarlo, que estava o acompanhando numa viagem para surfar em Porto Escondido, México. Essa era a primeira viagem para fora dos EUA em mais de 20 anos, já que Jay Boy era impedido de sair do país por responder por processos criminais.

Mas há anos o skatista estava longe das drogas e crime. Convertido ao cristianismo, pregava em igrejas de amigos.
O lorde de Dogtown estava com a esposa e um grupo de amigos – entre eles os Z Boys Solo Scott e Allen Sarlo – há três meses em Porto Escondido, onde surfou todos os dias.

A situação do skate atual é tudo o que Jay Adams abominou nos anos 70. Se transformou num dos esportes mais populares do mundo e está prestes a ser incluído nas Olimpíadas. Mas independente da popularidade do skate, sempre haverá skatistas que andarão por diversão. E essa essência é o maior legado de Jay Adams.

FRETE_GRATIS_500X200

Carlinhos Zodi finaliza Kingstone Bossa no Tuff Gong, estúdio de Bob Marley. Assista o documentário

Fico feliz quando vejo alguém realizando um sonho. Principalmente os surreais.
O Carlinhos Zodi realizou um e produziu um documentário sobre esse sonho.
Ele foi para Jamaica para finalizar seu disco Kingstone Bossa. Viajou sem planos, mas as forças do destino traçaram grandes surpresas. Durante uma semana acabou conhecendo grandes ídolos, que participaram da produção e fechou Kingstone Bossa no Tuff Gong, estúdio do Bob Marley.
Baixe as músicas do Kingstone Bossa e trabalhos anteriores do Carlinhos Zodi no www.carlinhoszodi.com.

FRETE_GRATIS_500X200

Skatícias #102

skaticias-102

Poucos meses depois da morte de Shogo Kubo, outro Z-Boy se foi nessa semana. Jay Adams, o caçula do revolucionário grupo de skatistas californianos, sofreu um infarto na madrugada dessa sexta-feira, dia 15, no México, aos 53 anos. Jayboy foi uma das principais referências do skate atual. Leia a notícia “Morre Jay Adams, original Z-Boy, aos 53 anos“.

Jay Adams, referência em originalidade (foto: Glen E. Friedman)

Jay Adams, referência em originalidade (foto: Glen E. Friedman)

A Street League Skateboarding e a Federação Internacional de Skate anunciaram nessa semana uma parceria para fortalecer o skate e lutar para que ele esteja nas mãos certas caso seja incluído nas Olimpíadas. Na próxima semana, uma delegação de skatistas – entre eles os brasileiros Marcelo Bastos, Letícia Bufoni, Karen Jonz e Kelvin Hoefler – fará apresentações nos Jogos Olímpicos da Juventude, em Nanquim, China. Leia a skatícia completa aqui.

A pista onde serão realizadas as apresentações em Nanquim, China (Divulgação)

A pista onde serão realizadas as apresentações em Nanquim, China (Divulgação)

No próximo final de semana, Fortaleza receberá o Super Vert Ceará, a primeira etapa do circuito brasileiro de skate vertical profissional. A competição acontece no domingo, dia 24, no Pavilhão do Centro de Eventos, que fica na Av. Washington Soares, 999. Os portões serão abertos ao público às 15h. Entrada gratuita.
Ceara-Vert-Pro-2014

A Real Skateboards, adidas Skateboarding e a revista Thrasher lançaram nessa semana “Buffalo’s Finest”, uma parte de vídeo do skatista Jake Donnelly.

Vídeo da semana: Para receber Rodrigo Leal “Maizena” na marca e comemorar seu aniversário de 31 anos, a marca escandinava ProSk8 lançou uma parte do skatista. Maizena filmou tudo em menos de seis meses, em picos no Brasil e EUA.

FRETE_GRATIS_500X200

Skatista batiza filho com nome do ídolo: Fábio Cristiano

 Skatista batiza filho com nome do ídolo: Fábio Cristiano (Arquivo pessoal)


Skatista batiza filho com nome do ídolo: Fábio Cristiano (Arquivo pessoal)

O skatista soteropolitano Pablo Lemos prestou uma homenagem ao seu grande ídolo, o skatista Fábio Cristiano.
Apesar de não o conhecer pessoalmente, Pablo batizou seu filho, nascido no dia 25 de julho desse ano, com o nome do streeteiro paulistano.

Quando comecei a andar de skate há 14 anos atrás, o acesso a vídeos de skate era muito grande. Daí, uns amigos meus compraram uma fita do vídeo Silly Society. Nesse vídeo, tinha skatistas de grandes nomes como Lúcio “Mosquito”, Fabrízio “Cara de Sapo”, Márcio “Tarobinha”, Wolnei dos Santos, Fábio Sleiman, Nilton Neves. Aí aparece o Fábio Cristiano, o Chupeta, pulando uma laje de ollie, cai, quebra um dente e fala, “não pega nada, amanhã eu vou no dentista e tá zero”, e começa a parte dele dando várias manobras pesadas. E o vídeo da Agacê (Evolução da Espécie) que ele começava descendo um corrimão quadrado de backside nosegrind no controle. E em seguida veio o Videofobia, que foi pro novo milênio, ano do dragão. E depois de tantos anos que passaram eu ainda vejo o Fábio Cristiano marretando vários picos. Daí, quando minha esposa ficou grávida, ficamos na decisão de qual nome colocar no moleque. Pensei no Chupeta, e lembrei do nome dele, Fábio Cristiano. Entramos em um acordo e decidimos que esse seria o nome do meu filho. Fábio Cristiano”, conta o pai orgulhoso.

Pablo aproveitou e mandou um recado ao ídolo: “quando vier pro nordeste, passe em Salvador para realizar o meu sonho de fazer um rolê ao seu lado”.

Picos ele conhece vários, como se pode assistir nesse vídeo aqui embaixo.

FRETE_GRATIS_500X200

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...