quinta-feira , 17 agosto 2017

Home » Blog » São poucos que peço autógrafo, mas Danny Way… eu coleciono

São poucos que peço autógrafo, mas Danny Way… eu coleciono

Publicado Em: 06/07/2011 23:00


 

Desde que o Danny Way veio ao Brasil pela primeira vez, em janeiro de 2006, eu caçava ele pra autografar meu poster da Plab B feito pelo Shepard Fairey. Em 2006 ele chegou direto no Rio de Janeiro. Fui até lá com o maior cuidado pra não amassar o poster, mas como não tinha ideia do propósito da viagem dele e não querer importunar, acabei desencontrando. Só não foi mais frustante porque viajar pro RJ é sempre bom.

Nas outras duas vezes seguintes que ele veio, novamente não rolou. No Gas Festival, eu carreguei o poster na mochila, mas não trombei ele. Mas eu tinha certeza absoluta que ia conseguir quando ele veio pra primeira edição do MegaRampa. Só que o acidente que o hospitalizou atrapalhou de novo. No último dia do evento eu até tive acesso à ele, mas nem imaginava que estaria lá… o cara literalmente fugiu do hospital e chegou de surpresa na cerimônia final.

Agora, finalmente eu consegui! Ele autografou meu poster e vou enquadrar e guardar como um troféu. Não é o primeiro autógrafo que tenho dele, em 1992 ele assinou minha fita original do Questionable Video.

E não podia ser melhor a oportunidade de conseguir o autógrafo. Ele ainda posou pra foto imitando seu próprio retrato.

A expectativa agora é para assistir o “Waiting For Lightning”, documentário que o Jacob Rosenberg está produzindo sobre a vida de Danny Way.

São poucos que peço autógrafo, mas Danny Way… eu coleciono Reviewed by on .   Desde que o Danny Way veio ao Brasil pela primeira vez, em janeiro de 2006, eu caçava ele pra autografar meu poster da Plab B feito pelo Shepard Fairey.   Desde que o Danny Way veio ao Brasil pela primeira vez, em janeiro de 2006, eu caçava ele pra autografar meu poster da Plab B feito pelo Shepard Fairey. Rating:
asfalto-01
Voltar ao Topo