quinta-feira , 17 agosto 2017

Home » Blog » Mais uma batalha do Porva vencida e os DVDs "Vamo Andá" estão rolando

Mais uma batalha do Porva vencida e os DVDs "Vamo Andá" estão rolando

Publicado Em: 15/09/2010 12:00



Ricardo de Oliveira Assis (Sidney Arakaki)

Uma história curiosa sobre o Ricardo Porva: no ano 2000, quando eu trabalhava na revista 100% (nem existia site com atualizações diárias), o André Ferrer surgiu na reunião de pauta com uma foto do, ainda desconhecido, Porva feita em São Paulo. Foi decidido que usaríamos no Espaço Amador, mas o Porva morava em Cáceres, MT. A missão seria achar o cara pra fazer a entrevista, porque o André não tinha pego o telefone, e email era uma coisa que mal usávamos. Acabada a reunião, sento na minha mesa e tenho um email na caixa-postal vinda do Ricardo Oliveira Assis. A mensagem era mais ou menos assim: “há algum tempo atrás fiz uma foto com o Ferrer e quero saber se ficou boa”. Se não foi a primeira, a publicação fez parte do início da tragetória desse skatista com carreira de respeito. Um guerreiro que saiu do interior do Estado do Mato Grosso, passou pela Grande São Paulo, Curitiba e hoje mora com sua linda família em Uberlândia, MG.

Na noite da última segunda-feira o Porva recebeu os amigos no tradicional Cine Olido para a première da sua primeira produção de vídeo, o “Vamo Andá”, que é dedicado à sua filha Íris (veja o Skate Paradise abaixo pra entender o contexto).
Mais uma batalha vencida e os DVDs estão rolando (aviso quando souber onde serão vendidos).


Íris, a anfitriã da noite, distribuiu lenços de lembrança à todos convidados. O meu tá autografado! (Sidney Arakaki)


Esse é o grande destaque do DVD! Ítalo Romano. Merece um post especial logo mais (Sidney Arakaki)

Mais uma batalha do Porva vencida e os DVDs "Vamo Andá" estão rolando Reviewed by on . Ricardo de Oliveira Assis (Sidney Arakaki)Uma história curiosa sobre o Ricardo Porva: no ano 2000, quando eu trabalhava na revista 100% (nem existia site com at Ricardo de Oliveira Assis (Sidney Arakaki)Uma história curiosa sobre o Ricardo Porva: no ano 2000, quando eu trabalhava na revista 100% (nem existia site com at Rating:
asfalto-01
Voltar ao Topo