sábado , 19 agosto 2017

Home » Blog » O mercado do skate em São Bernardo afetado pela reforma da pista

O mercado do skate em São Bernardo afetado pela reforma da pista

Publicado Em: 02/04/2009 00:36


Semana passada dei uma ligada pro Cacio Narina pra ver como tá o andamento da reforma da pista de São Bernardo. E ele comentou que vai demorar pelo menos mais duas semanas…

Chuvas, barreiras burocráticas e imprevistos são alguns dos problemas do atraso. O que seria um fechamento provisório de 45 dias, já se estende aos dois meses.

Mas o Cacio é um dos que mais querem que a pista abra logo. Ele é skatista e também precisa de um lugar pra andar. Eu imagino o tormento dele todo dia administrando a reforma.

E quem deve estar implorando pra pista abrir logo não são os skatistas!
As lojas da região (que ainda não quebraram) tão desesperadas. Desde que a pista foi inaugurada, várias lojas abriram e outras começaram a vender peças e roupas. Estavam mamando na teta da pista. Só lucrando com a cena, sem investir nada na comunidade. Nunca imaginariam que o parque fecharia pra reformar e abalaria a economia do skate local.

Agora, dois meses de pista fechada, única opção de muita gente, principalmente crianças que não podem ir pra outras cidades. Lojas que dependiam de vendas de peças e tênis devem estar numa crise braba!

Eu quero mais é que essas lojas e marquinhas quebrem! E nunca mais apareçam. Que vão ganhar dinheiro com patins, bicicletas e outros esportes radicais. Desejo que eles fiquem milionários, mas sem precisar trabalhar com skate.

Já sugaram o bastante e o mínimo que deveriam fazer era promover ações e caridades pros skatistas. Caridade que eu digo, não é patrocinar skatistas. Financiar e construir obstáculos é uma forma de manter a cena acontecendo. Vários skatistas são beneficiados e automaticamente, há o consumo das peças. Um movimento de mercado essencial e que mostra o comprometimento com o skate.

São Bernardo do Campo é uma das cidades com mais sanguessugas que já vi. Desde oportunistas vendendo shape com lixa mais barato que preço de custo do fabricante, até sujeitos fazendo Ong usando o nome do skate pra se enriquecer financeiramente. Enfim, tenho uma infinidade de motivos pra listar porque acho que o mercado do skate na cidade deve dar uma quebrada agora e só sobrar quem pelo menos tenta honrar e fazer algo pelo skate, promovendo eventos, dando suporte aos skatistas e reinvestindo.

Tô dando esse exemplo, mas isso se aplica à muitas cenas do Brasil. Muitos vestem a carapuça.

O mercado do skate em São Bernardo afetado pela reforma da pista Reviewed by on . Semana passada dei uma ligada pro Cacio Narina pra ver como tá o andamento da reforma da pista de São Bernardo. E ele comentou que vai demorar pelo menos mais d Semana passada dei uma ligada pro Cacio Narina pra ver como tá o andamento da reforma da pista de São Bernardo. E ele comentou que vai demorar pelo menos mais d Rating:
asfalto-01
Voltar ao Topo