sábado , 19 agosto 2017

Home » Blog » Skatícia Especial: Street League em Kansas City 2013

Skatícia Especial: Street League em Kansas City 2013

Publicado Em: 09/06/2013 21:24


resultado-finalAdivinha que ganhou a Street League em Kansas City nesse domingo? Nyjah Huston. Suas vitórias não são mais novidade e ele domina as competições com as manobras mais difíceis do evento.
Mas a final de hoje foi uma das mais equilibradas de todas quatro temporadas e com uma frequência de acertos muito acima da média. Inclusive, com várias notas acima de 9 pontos. Precisa ser levado em consideração também que os finalistas estavam exaustos. A competição de KC foi toda realizada em apenas um dia. Todos skatistas participaram da eliminatória e final no domingo, sem intervalo de descanso, diferente das temporadas anteriores, quando um dia era reservado para a eliminatória e outro para semifinal e final.
O grande personagem da SLS em KC foi o excêntrico Dylan Rieder, que participou da sua primeira final e por vários momentos liderou a prova. Ele terminou na quarta colocação. Dylan é integrante da SLS desde a sua fundação e nesse domingo estava inspiradíssimo. Fez ótimas voltas na seção Flow e se mostrou íntimo do corrimão com trancos da seção de Impacto. Com apenas um erro de seis tentativas, encerrou a participação nessa final com um cabreiro backside smithgrind.


A cena que marcou esse campeonato foi protagonizada pelo anfitrião Sean Malto. O campeão da temporada 2011 e local de KC, se descuidou e teve o skate desintegrado na sua primeira apresentação da seção Flow na final, justamente quando ia mandar sua especialidade, o frontside k-grind. Quebrar shapes e parafusos durante campeonatos é relativamente normal, mas a porca do parafuso central resolver sair quando você está numa competição valendo um cheque de 100 mil dólares, num dos principais ginásios dos EUA com a torcida toda para você e com transmissão ao vivo para milhões de pessoas ao redor do globo, é muito azar! Atordoado, Malto sentiu a pressão e não conseguiu andar na sua segunda apresentação, sendo eliminado da fase.

A fase na seção Técnica estava com Taylor e Tom Asta brigando para sair da bolha. Os dois precisavam arriscar suas melhores manobras e quem se deu melhor foi Asta. Exausto, Taylor até abortou sua última chance, vendo que seria impossível alcançar uma nota para avançar.
Integrante da Street League desde 2012, Tom Asta já havia sido finalista na etapa brasileira e em KC foi o único que não chegou à pontuação 9 na seção de Impacto. Todos demais finalistas fizeram pelo menos uma manobra acima de 9 pontos. Luan de Oliveira foi um deles.
Ainda não foi dessa vez que Luan venceu sua Street League. Embora o gaúcho tenha ficado no topo por várias rodadas, descuidou e suas notas se distanciaram dos líderes. Ele terminou com a nota empatada com Dylan Rieder, mas no critério de desempate ficou em quinto lugar. Dylan pontuou mais que ele na seção de Impacto. A colocação do Luan não é tão mal, vendo que ele se manteve no terceiro posto do ranking 2013, atrás apenas de Malto e Nyjah, o imbatível skatista com 100% de aproveitamento.

Em Barcelona quase que Paul Rodriguez ganhou. Nesse domingo foi um pouco mais difícil porque a disputa estava bem mais equilibrada, com todos andando no limite. P-Rod teve que arriscar bastante e acertou algumas das manobras mais técnicas do evento.
E Chris Cole é um dos grandes competidores que ainda não ganhou uma Street League. Quando a Liga foi criada ele era o grande favorito para vencer todas, mas Nyjah que se tornou o imbatível. Nesse domingo, desde a fase eliminatória dava para sentir o apetite especial de Cole para vencer. Parecia que o grande dia da revanche havia chegado, mas não. Nyjah não deixou. Chris Cole distribuiu várias manobras acima de 9 pontos pela pista. O bluntslide saindo de flip to fakie no corrimão foi uma das manobras mais bem concluídas de toda SLS. De tão perfeita, parece que nem Cole acreditava que tinha acertado.

Só que Nyjah já havia garantido a vitória, e mesmo assim foi lá e boom! Backside nosebluntslide no último tranco do corrimão. 9,8. Pontuação mais alta do dia. A mesma que ele havia pontuado em 2012 com um caballerial flip boardslide. 0,1, mais baixo que o backside ollie 270 to nosebluntslide de 9,9 que ele lançou em 2011. Mais um troféu pro Nyjah, mais um cheque de 100 mil dólares.

Até quando?

RESULTADO FINAL – STREET LEAGUE SKATEBOARDING – KANSAS CITY

1° Nyjah Huston
2° Chris Cole
3° Paul Rodriguez
4° Dylan Rieder
5° Luan de Oliveira
6° Tom Asta
7° Mikey Taylor
8° Sean Malto

koston2-crescealenda

Skatícia Especial: Street League em Kansas City 2013 Reviewed by on . Adivinha que ganhou a Street League em Kansas City nesse domingo? Nyjah Huston. Suas vitórias não são mais novidade e ele domina as competições com as manobras Adivinha que ganhou a Street League em Kansas City nesse domingo? Nyjah Huston. Suas vitórias não são mais novidade e ele domina as competições com as manobras Rating:
asfalto-01
Voltar ao Topo