segunda-feira , 21 agosto 2017

Home » Entrevistas » Kelvin Hoefler conta como é ser skatista do Santos FC

Kelvin Hoefler conta como é ser skatista do Santos FC

Publicado Em: 24/05/2013 11:35


Sessão dentro da Vila Belmiro, templo sagrado do Santos FC (Divulgação)

Sessão dentro da Vila Belmiro, templo sagrado do Santos FC (Divulgação)

Recentemente os times de futebol Corinthians e Santos anunciaram a contratação de skatistas para tentar atrair um público novo de torcedores. Rony Gomes agora anda pelo Timão e Kelvin Hoefler pelo Peixe. Mas skatista andando por time de futebol não é novidade. No final da década de 90, o carioca Allan Mesquita competia vestindo o uniforme do Vasco da Gama.

Apesar de polêmica, esse tipo de parceria pode ajudar no fortalecimento e profissionalização do skate. Vários skatistas profissionais de ponta torcem para times de futebol com muita paixão e andar pelo clube proporcionaria uma estrutura melhor do que seus patrocinadores podem oferecer.

Afinal, se as próprias marcas de skate não mostram comprometimento com os skatistas que vestiram a camisa durante anos, porque ser radical e rejeitar essa nova opção de patrocínio?

Positivo para o skate mesmo seria se criassem “centros de treinamento” dentro de seus clubes. Com certeza, pistas de skate atrairiam sócios para frequentar os clubes.

Kelvin Hoefler conta como é ser skatista do Santos FC:

Kelvin Hoefler conta como é ser skatista do Santos FC (Divulgação)

Kelvin Hoefler conta como é ser skatista do Santos FC (Divulgação)

Você sempre foi torcedor fanático pelo Santos?
Sim, desde pequeno.

Como foi o processo para ser skatista do Santos?
O pessoal do marketing entrou em contato com o meu pai, que mora em Santos, e tudo começou por aí.

Qual seu compromisso com o clube?
Marketing.

Quais outros skatistas santistas você conhece e acharia legar formar um time?
Não conheço nenhum skatista. Mas tinha o Chorão e o Laurence (Reali).

Sabe se o Santos tem planos de construir alguma pista de skate?
Um futuro próximo.

Algum campeonato de street desse ano já contabilizou pontos para o circuito da WCS?
Sim, o campeonato do Simple Session na Estonia, que fiquei em segundo lugar.

Está sabendo de algo do circuito da WCS e CBSk?
O WCS está todo no site deles, mas da CBSK não tenho nem idéia.

Na apresentação ao clube, Kelvin presenteou Neymar com um skate autografado (Divulgação)

Na apresentação ao clube, Kelvin presenteou Neymar com um skate autografado (Divulgação)

Paralelo aos campeonatos você está filmando uma parte de vídeo. Pode dizer algo sobre esse projeto?
Sim, tenho três partes para fazer. Vocês verão em breve, será uma surpresa!

Em Foz do Iguaçu você teve a oportunidade de participar pela primeira vez dos X Games, competindo na Street League. Quais as principais diferenças que você percebeu comparando com outros campeonatos?
Foi um jogo de skate. Cada manobra vale um certo ponto. É tipo um jogo estratégico. Não existe muita diferença dos outros campeonatos, mas com certeza tem muito mais pressão.

Leia também: Entrevista com o skatista do Sport Club Corinthians Paulista Rony Gomes

koston2-crescealenda

Kelvin Hoefler conta como é ser skatista do Santos FC Reviewed by on . [caption id="attachment_6559" align="aligncenter" width="500"] Sessão dentro da Vila Belmiro, templo sagrado do Santos FC (Divulgação)[/caption] Recentemente os [caption id="attachment_6559" align="aligncenter" width="500"] Sessão dentro da Vila Belmiro, templo sagrado do Santos FC (Divulgação)[/caption] Recentemente os Rating:
asfalto-01
Voltar ao Topo