quinta-feira , 17 agosto 2017

Home » Blog » O legado dos X Games para os skatistas de Foz do Iguaçu

O legado dos X Games para os skatistas de Foz do Iguaçu

Publicado Em: 29/04/2013 19:30


A principal pista de Foz do Iguaçu já tem mais de uma década e a prefeitura nunca a reformou. Os próprios skatistas que cuidam da manutenção. Essa foto foi feita pelo Neal Hendrix

A principal pista de Foz do Iguaçu já tem mais de uma década e a prefeitura nunca a reformou. Os próprios skatistas que cuidam da manutenção. Essa foto foi feita pelo Neal Hendrix e publicada no site da ESPN norte-americana ilustrando um artigo do Paul Zitzer. Ele quer ver a cena se desenvolver por lá como efeito dos X Games

Quando a ESPN norte-americana confirmou a cidade paranaense de Foz do Iguaçu como uma das sedes mundiais dos X Games, a comunidade do skate local explodiu de felicidade. Afinal, receberiam o maior evento de esportes de ação do mundo e se encheram de esperanças para que, enfim, o skate se desenvolvesse na cidade. “Seis meses antes do evento muitos skatistas voltaram a andar e rolaram eventos organizados pela Associação de Skate de Foz do Iguaçu com apoio da iniciativa privada. Notamos que muitos continuam andando e percebemos vários atletas novos na pista”, me contou o skatista Bruno Niklevicz por email. Mas, infelizmente, o único legado dos X Games até o momento foi uma pista doada por uma empresa que expos no evento.

“Esperávamos muitos mais. Esperávamos poder andar na pista de Street dos X Games, mas nem isso nos foi permitido. Muitos atletas ficaram decepcionados, lembrando que a pista da Street League foi destruída no dia seguinte do campeonato. Porém, conseguimos a doação de uma mini ramp que estava no estande da Ford. Acredito que já é uma boa conquista, visto que ainda temos os X Games aqui em 2014 e 2015. E o nosso sonho continua. Quem sabe em 2015 fica uma pista para nós. Seria um sonho. Agora, nossa maior batalha vai ser conquistar uma sede para facilitar a prática do esporte na cidade”, conclui Niklevicz.

Centenas de skatistas do Brasil estiveram em Foz de Iguaçu para o evento, mas também queriam andar de skate na cidade. Assim como os próprios competidores e pessoas que trabalharam no evento. Se para nós visitantes é uma decepção, imagina para os iguaçuenses.

Com o movimento financeiro gerado pelos X Games, nada mais justo que a prefeitura de Foz do Iguaçu construir pistas na cidade.

 

Ryan Clements visitou a pista de Foz, se sensibilizou com a cena local e deixou peças e tênis com um skatista (Street League)

Ryan Clements, produtor da Street League, visitou a pista de Foz, se sensibilizou com a cena local e deixou peças e tênis com um skatista (Street League)

Minirrampa doada pela Ford (foto: Renata Cabrini)

O presente da Ford foi recebido com muita alegria pelo pessoal da ASFI. Segundo o release, “A reutilização de recursos é uma das prioridades da Ford para contribuir com um mundo melhor. A doação da minirrampa está alinhada com as metas dos programas globais de sustentabilidade da Ford para os próximos anos, calcados nos três “R” da sustentabilidade: reusar, reduzir e reciclar”. (foto: Renata Cabrini)

Melhores Marcas de Skate

O legado dos X Games para os skatistas de Foz do Iguaçu Reviewed by on . [caption id="attachment_6399" align="aligncenter" width="500"] A principal pista de Foz do Iguaçu já tem mais de uma década e a prefeitura nunca a reformou. Os [caption id="attachment_6399" align="aligncenter" width="500"] A principal pista de Foz do Iguaçu já tem mais de uma década e a prefeitura nunca a reformou. Os Rating:
asfalto-01
Voltar ao Topo