quinta-feira , 24 agosto 2017

Home » Blog » Para andar de skate, temos que parar de reclamar e fazer a nossa parte

Para andar de skate, temos que parar de reclamar e fazer a nossa parte

Publicado Em: 22/01/2012 18:29


Iluminação parcial do Zerão (foto: Sidney Arakaki)

Aqui em Londrina, PR, onde estou morando, o pico de skate mais clássico da cidade é o Zerão. Frequentado por gerações de skatistas, inicialmente era uma quadra de vôlei. Quando não estava tendo jogos os skatistas começaram a usar o espaço (chão e bancos) para fazer manobras. Conforme o tempo, cada vez menos era usada para jogar vôlei e o skate crescia. Vários campeonatos aconteceram no Zerão e o espaço começou a ganhar vários obstáculos.
Há alguns anos a quadra foi reconhecida pela prefeitura como espaço dos skatistas, mas mesmo assim, quem constrói os obstáculos é quem anda. A galera local é que bota a mão no bolso e na massa.
Um dos grandes motivos para eu querer morar em Londrina é o Zerão, um lugar muito astral para andar de skate. Só que na maioria dos dias só consigo sair pra andar no final da tarde, quando já está escurecendo.
E já há alguns anos os skatistas e frequentadores do Zerão estavam sofrendo com o descaso da prefeitura em não ligar as luzes de noite, e grande parte do parque ficava no breu. Impossível praticar esportes e ainda oferecia riscos de segurança.
Dessa necessidade de andar de skate a noite nós nos unimos e produzimos um vídeo manifesto entrevistando skatistas e praticantes de outros esportes, como futebol, corrida e basquete. Com alguns contatos o vídeo acabou rolando na TV Globo local e na do Estado do Paraná. A reportagem repercutiu e rapidamente a prefeitura começou a solucionar os problemas. As luzes do Zerão ainda não estão totalmente acesas, mas já está rolando andar de skate em alguns trechos.
Essa história é apenas um exemplo de como as coisas devem rolar. Não adianta ficar só reclamando, precisa ir atrás de alguma forma.
Outro exemplo de história parecida aconteceu no Rio de Janeiro recentemente. A quadrinha da Lagoa Rodrigo de Freitas, que há anos também estava dominada pelos skatistas ganhou obstáculos financiados pela Nike SB em parceria com a prefeitura. Mas isso só aconteceu porque os skatistas locais foram atrás. Estavam batalhando há muito tempo e conseguiram até mais do que sonhavam.

Para andar de skate, temos que parar de reclamar e fazer a nossa parte Reviewed by on . [caption id="attachment_4536" align="aligncenter" width="500" caption="Iluminação parcial do Zerão (foto: Sidney Arakaki)"][/caption] Aqui em Londrina, PR, onde [caption id="attachment_4536" align="aligncenter" width="500" caption="Iluminação parcial do Zerão (foto: Sidney Arakaki)"][/caption] Aqui em Londrina, PR, onde Rating:
asfalto-01
Voltar ao Topo