quarta-feira , 16 agosto 2017

Home » Blog » Análise final do Tampa pro 2010

Análise final do Tampa pro 2010

Publicado Em: 19/03/2010 09:33


O skate do Paul Rodriguez na final do Tampa Pro 2010 é incontestável. O cara anda muito, mesmo eu não curtindo seu estilo. Mas foi uma linha relativamente simples, e se deu bem porque os caras ousados como o Luan Oliveira e o Torey Pudwill não acertaram as manobras quando mais precisavam. Os dois não economizam e só tentam manobras “de verdade”, enquanto o PRod mandou até simples frontside smithgrind e switch backside tailslide. Manobras que Luan e T-Puds fazem com combinações técnicas – combos. A manobra mais complicada do PRod foi um switch flip backside boardslide no menor corrimão da pista, e ainda saiu descontrolado. Uma manobra, sem exagero, de linha de campeonatos amadores do Brasil.

Eu acho que as linhas do Nyjah Houston na final também foram básicas. Já vi ele andando muito mais em outros eventos, mas ele está crescendo e o estilo ficando horrível. Parece que não precisa mais fazer tanta força e o skate já manobra no automático. Aí ele esquece de pegar velocidade e até tic-tac precisa fazer na hora da chibada.

Na eliminatória o Luan se qualificou em segundo lugar, direto para a final, atrás do T-Puds. A manobra mais básica do Luan é o flip, mas olha só como é o flip dele. E outro detalhe importante, é que ele não pega o skate na mão. Vai fluindo na pista, usando o quarter, mesmo que seja pra um stall ou mesmo uma batida.

Mesmo com alguns erros, acho que o Torey Pudwill fez as melhores voltas do Tampa Pro 2010. Em campeonatos, eu gosto de linhas assim, que surpreendem e me fazem aplaudir e vibrar assistindo a transmissão online. Como o Marcelo Bastos fez no Rio Vert Jam há algumas semanas atrás.
Fico decepcionado quando quem ganha é um cara que apostou no erro dos oponentes. Caso do PRod, que tem muito mais manobras na manga e faz uma linhazinha pra se garantir.

Análise final do Tampa pro 2010 Reviewed by on . O skate do Paul Rodriguez na final do Tampa Pro 2010 é incontestável. O cara anda muito, mesmo eu não curtindo seu estilo. Mas foi uma linha relativamente simpl O skate do Paul Rodriguez na final do Tampa Pro 2010 é incontestável. O cara anda muito, mesmo eu não curtindo seu estilo. Mas foi uma linha relativamente simpl Rating:
asfalto-01
Voltar ao Topo