quinta-feira , 24 agosto 2017

Home » Blog » O Grande Tombo da WCS

O Grande Tombo da WCS

Publicado Em: 20/01/2009 21:20


Ilustração: Fernando Torelly

Há aproximadamente um mês atrás, a World Cup Skateboarding, EMPRESA que dirige o circuito mundial de skate, divulgou o ranking do vertical. Foi anunciado Bob Burnquist campeão e Sandro Dias “Mineirinho” vice. Uma surpresa, porque pelo calendário divulgado pela WCS no começo de 2008, Mineirinho teria sido o campeão. Mas a WCS mudou as regras e só essa semana se pronunciou, com exclusividade para a ESPN Brasil. Colo aqui a resposta do Don Bostick, presidente da World Cup Skateboarding:

Nossa intenção inicial com o Grand Slam era utilizar 4 eventos de skate que representavam a participação dos melhores skatistas de vertical do mundo. Quando o campeonato mundial em Roterdã foi cancelado, nós perdemos uma parte importante do Grand Slam e, sinceramente, o Grand Slam já estava feito. Não fazia o menor sentido usar somente os três eventos que sobraram como um ranking, sendo que os melhores skatistas verticais não vão para os três eventos. Eu vou admitir que nós não fizemos um pronunciamento oficial na época, já que nós também estávamos confusos sobre o que fazer. Nós consideramos seriamente em não anunciar ranking nenhum.

Depois o que importa não é o quanto nós gostaríamos de divulgar um ranking, mas quando nós olhamos mais de perto as competições em que os melhores skatistas verticais, nós descobrimos que esses 4 eventos fizeram sentido:

Oi Vert Jam
X Games Brazil
Maloof Money Cup
X Games

Todos esses 4 eventos foram televisonados e os dois primeiros skatistas, Bob Burnquist e Sandro Dias participaram dessas 4 competições. Se nós usássemos o evento de Praga, somente o Sandro estava lá, e o Bob Burnquist não. Nós então decidimos que o único jeito justo de usar 4 eventos e ter um ranking também justo seria considerar os 4 maiores eventos em que os dois skatistas participaram.

Novamente, eu quero enfatizar que nós consideramos este o único jeito justo!! Antes de divulgarmos o ranking para o público e colocarmos no nosso site, eu primeiramente enviei para os skatistas. Sandro foi o único skatista que discordou com o ranking. Eu conversei com Pierre Luc Gagnon, o vencedor geral e skatista número 1 do AST Dew Tour. Ele pensou que mesmo não competindo em dois dos eventos, nosso sistema fez sentido. Ele também concordou que usando os mesmos 4 eventos em que os dois, Sandro Dias e Bob Burnquist, participaram fez sentido.

Eu enviei uma resposta para o Sandro explicando o porquê de decidirmos não usar Praga e, enquanto nós entendemos a sua decepção, nós também não entendemos o porquê de ele não aceitar o fato do Bob ter feito mais pontos usando as mesmas competições que os dois participaram.

Nós estamos muito a vontade com o resultado dos rankings e parabenizamos o Bob Burnquist pela conquista da posição número um. Eu espero que essa explicação ajude você a entender os rankings mundiais de vertical da WCS 2008.

Para 2009 nós ainda estamos no processo de corfirmar alguns eventos antes de anunciar o sistema de contagem de pontos para 2009.

Pra mim, não justificou nada! Faria mais sentido ele anunciar o campeão do AST como campeão mundial. Lá sim teve a verdadeira participação dos melhores skatistas (competidores) do mundo, como ele diz.
E como pode uma empresa ser a regulamentadora de um circuito mundial? A WCS não é como a Confederação Brasileira de Skate, que é uma entidade que elege o presidente a cada 4 anos. A WCS é uma espécie de ditadura, onde o presidente é casado com a vice, e o casal ganha grana em cima das oficializações dos eventos. Só que a cada ano esse prestígio deles diminui. Imagina o Mystic Cup, de Praga, que é um dos campeonatos mais tradicionais do mundo, e eles anularam os pontos. A organização paga a taxa de oficialização mesmo sabendo que só o Mineirinho ia lá atrás dos pontos, porque a maioria da galera vai pela festa. Oficializado ou não, a galera vai. Pelos comentários que me chegam, é uma mistura de campeonato de skate com rave e o isotônico é cerveja.
A questão não é o Sandro estar indignado com o fato do Bob ficar na frente dele nos 4 eventos. Mas a mudança das regras! Falharam justo com o skatista que mais dava valor pro circuito. A WCS pisou na bola e tomou um ‘grand slam’.

O Grande Tombo da WCS Reviewed by on . Ilustração: Fernando TorellyHá aproximadamente um mês atrás, a World Cup Skateboarding, EMPRESA que dirige o circuito mundial de skate, divulgou o ranking do ve Ilustração: Fernando TorellyHá aproximadamente um mês atrás, a World Cup Skateboarding, EMPRESA que dirige o circuito mundial de skate, divulgou o ranking do ve Rating:
asfalto-01
Voltar ao Topo