quarta-feira , 16 agosto 2017

Home » Blog » “Cuban Skateboard Crisis” – O skate em Cuba

“Cuban Skateboard Crisis” – O skate em Cuba

Publicado Em: 07/01/2009 19:54


Em Cuba, não existem skateshops nem indústria de skate. O skate lá, está literalmente encubado. Mas há skatistas apaixonados que ainda não foram contaminados pela competitividade e ambição. São skatistas isolados do resto do mundo pela ditadura socialista dos irmãos Castro. As peças chegam lá através de pessoas que viajam para o exterior, e quando um shape quebra, a solução é remendar se não tiver reserva.
Esse cenário pitoresco é retratado no documentário feito pelo inglês de Bristol, Phil Brown, “Cuban Skateboard Crisis”. Em 16 minutos ele mostra um pouco da realidade dos skatistas cubanos. O país pode até estar passando por uma interminável crise. Mas, com o skate, a diversão espanta as dificuldades e alivia o sofrimento de se viver num país comunista.
E vamos torcer para que o Obama entre num acordo com o Raul Castro, para que, pelo menos uma skatepark seja construída no país…

Aqui no Brasil eu vejo muita gente reclamando de barriga cheia. Assista e reflita!

“Cuban Skateboard Crisis” – O skate em Cuba Reviewed by on . Em Cuba, não existem skateshops nem indústria de skate. O skate lá, está literalmente encubado. Mas há skatistas apaixonados que ainda não foram contaminados pe Em Cuba, não existem skateshops nem indústria de skate. O skate lá, está literalmente encubado. Mas há skatistas apaixonados que ainda não foram contaminados pe Rating:
asfalto-01
Voltar ao Topo