sábado , 19 agosto 2017

Home » Blog » Première do Metrópole 5 no Cine Olido

Première do Metrópole 5 no Cine Olido

Publicado Em: 30/09/2008 17:18



O Cine Olido foi inaugurado em 1957. Ele vivenciou a época de ouro dos cinemas no Brasil. Em 2004 ele foi reinaugurado depois de passar por reformas, e desde então, é o Teatro Chinês Hollywoodiano (Grauman’s Chinese Theatre) do skate brasileiro. Nessa época de ouro das produções de skate nacional, os principais vídeos são exibidos na Olido em primeira mão.
Ontem foi a noite da quinta edição do Metrópole, e como sempre, sala lotada e galera comportada. E essas premières só são possíveis porque a galera que vai assistir age como cidadãos educados. Nada de vandalismos, cigarros ou entorpecentes lá dentro.

O público da premiére é bem variado, mas a presença dos streeteiros locais dos picos do centro de São Paulo é massiva. Uma coisa que nunca imagine, era ver essa galera curtindo uma parte de vertical. Mas o Dan Cesar foi, justamente, o mais ovacionado da noite. O moleque dichavou! Foi filmada praticamente só em duas rampas (Tent Beach e São Bernardo), e se não fosse por essa “limitação de cenário”, arrisco dizer que é uma parte pra vídeo (de marca) gringo. Muitas manobras abusaaadas. Várias delas eu ainda não consegui entender. Preciso arrumar um DVD pra assistir com calma. O Dan tá num patamar de skate além de qualquer vert-rider que anda em rampas brasileiras, sejam pros ou amadores. Mas o vídeo tem ainda partes pesadas com os representantes da rua. Danilo Diehl, Gian Naccarato, Vitor Sagaz e o Fabinho Pires. Como eu ando direto com o Danilo fica difícil falar sobre as partes dele em vídeo. Ainda mais que ele é um “Chico Bento” e deixa de filmar várias manobras. Aquele heelflip varial da entrevista na 100% só foi registrada por fotos, acredita?
As linhas do Fabinho são as mais legais de assistir. Ele rema com vontade e todas manobras são no galeto. É interessante assistir uma parte de um brasileiro num cenário diferente. O cara mora na Finlândia e anda em vários picos que não costumam aparecer em qualquer vídeo.
A última vez que eu tinha ido na Olido foi pra assistir o “Ainda é só o começo”. Faz pouco tempo e minha parte favorita foi a do Sagaz. Como o Vitor é sagaz, não perdeu tempo e já colocou uma parte dele no Metrópole também. E nesse meio tempo uma entrevista na 100%. As imagens do Metrópole são melhores, mas prefiro as manobras do “Ainda é só o começo”.
Minha parte favorita (de street) dessa edição é a do Gian. Lendário Gian Naccarato. Taí um cara que pode ser jogado em qualquer lugar e vai andar. E muito bem! Nem tenho o que escrever sobre esse cara que vídeo após vídeo, parte após parte, continua surpreendendo. É outro que teve uma parte muito boa lançada há pouco tempo, no “Quem é visto sempre aparece”. E tenho certeza que ele já deve ter mais uma parte pronta superando essa pra lançar quando tiver oportunidade.
O vídeo tem ainda as clássicas partes mesclando skatistas. Vários brasileiros andando na Europa, como o Erisson Trakinas e o Neverton Socado, que estão morando em Barcelona. E essa parte é legal porque o Waguinho teve o cuidado de nomear um por um dos que aparecem. Dá bastante trabalho, mas o cara se preocupou com isso. Outra edição legal é uma sessão P&B no tri-banks de campon.
Enfim, acho que foi uma das melhores produções brasileiras de skate que já assisti. Gostei principalmente por ser uma edição simples, sem firulas. A projeção de imagens do Olido não é das melhores, prejudicou um pouco a exibição, mas deu pra instigar pra querer comprar o DVD e assistir com calma em casa. O Waguinho não falou quando vai estar à venda. Mas acho que devia fazer igual a BS, já ter pra vender logo na première.

A galera veio do interior paulista e até de Santa Catarina pra assistir

Cauê Diehl no telão

Naccaratos

Videomaker filmando videomaker entrevistando videomaker

Pira Crew

Kamau faz parte da trilha sonora

Jhonin no Metrópole 6?

No site da Tribo Skate tem essa foto com meus blóderes sagazes Vitor e Dudú, ontem na premiére, que o Felipe Francisco clicou
Première do Metrópole 5 no Cine Olido Reviewed by on . O Cine Olido foi inaugurado em 1957. Ele vivenciou a época de ouro dos cinemas no Brasil. Em 2004 ele foi reinaugurado depois de passar por reformas, e desde en O Cine Olido foi inaugurado em 1957. Ele vivenciou a época de ouro dos cinemas no Brasil. Em 2004 ele foi reinaugurado depois de passar por reformas, e desde en Rating:
asfalto-01
Voltar ao Topo